INSTITUTO FEDERAL (IFPR) ANUNCIA A LIBERAÇÃO DE 31 ALUNOS DO CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EMPRESAS DA REGIÃO

April 29, 2014

Uma recente proposta da rede federal de formação de profissionais surge em Foz do Iguaçu e região como alternativa para buscar o equilíbrio entre a procura e a oferta de serviços da construção civil, objetivando suprir uma lacuna delimitada entre o engenheiro/arquiteto e o mestre de obras. O Técnico em Edificações. 

O IFPR – Instituto Federal do Paraná, Campus de Foz do Iguaçu, contando com o com o apoio de instituições como a AEFI, anuncia que serão ofertados já nas férias de julho 31 alunos em formação para atuarem como estagiários em empresas e junto a profissionais autônomos de Foz do Iguaçu e região.

O curso Técnico em Edificações possui 3.666 horas de carga horária, incluso 246 horas de estágio supervisionado. O estágio supervisionado pode ser realizado junto a uma empresa ou com profissional autônomo (Engenheiro, Arquiteto ou Técnico em Edificações) que possua registro no CREA/PR e que esteja desenvolvendo um projeto ou uma obra.

O mercado de trabalho brasileiro está promissor para profissionais da construção civil, em 2014. Ainda com um mercado bastante aquecido, segundo o noticiário publicado no Estadão em quatro de abril, está sendo anunciado para o mês de agosto o lançamento do programa “PAC 3”, que deve fazer parte dos Programas de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC’s). Se implantado pode demandar um volume ainda maior de obras e serviços no setor da construção civil. Porém a carência de profissionais qualificados ainda não está sendo capaz de absorver a demanda atual de serviços.

Segundo Engo Civil Geovan Soethe, coordenador do curso de Edificações do IFPR – Instituto Federal do Paraná (Campus de Foz do Iguaçu), o Técnico em Edificações é um profissional que poderá dar assistência aos profissionais graduados, permitindo concentrarem-se em tarefas mais peculiares de suas atribuições. Por outro lado, o servidor alerta que a falta de um profissional qualificado (como o técnico) para dar apoio ao graduado, na maioria das vezes pode resultar em prejuízos indiretos, como a impossibilidade de incorporar novas obras e serviços ou até mesmo no crescimento de sua própria empresa. “Se o mestre de obras é o braço direito do engenheiro na obra, o Técnico em Edificações poderá auxiliar o engenheiro ou arquiteto tanto na obra como também no escritório. É uma sincronia profissional que pode render excelentes resultados”, comenta. 

O Técnico em Edificações possui diversas habilitações que podem dar apoio ao empresário da construção civil. Dentro do setor o técnico pode desenvolver projetos, orçamentos, executar obras, possuindo também a atribuição para gerar Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia - CREA/PR.

Segundo Engo Geovan, também são verificadas as demandas de outros serviços para a região. Em 2014, devem ser ofertados no IFPR outros cursos gratuitos na área de infraestrutura com menor carga horária, como “Cadista da Construção Civil” (200 horas) que é assistido junto a programa específico do Governo Federal.

As informações sobre a ofertas de estágio no curso Técnico em Edificações do IFPR podem ser obtidas por meio do contato com a coordenadoria de estágios do IFPR (45) 3422 5300, ou pelo site: foz.ifpr.edu.br/‎.

Please reload

Featured Posts

A AEFI apoia e incentiva a campanha de vacinação à operadores de serviços técnicos.

August 28, 2015

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Search By Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

AEFI - Associação de Arquitetos, Agrônomos e Engenheiros de Foz do Iguaçu

 

 Alameda Sarandi, 19   |   Jardim Itamaraty   |   CEP: 85863-050   |    Foz do Iguaçu - PR   |   Tel.: (45) 3573-1723   |   E-mail: aaefifoz@gmail.com

  • Instagram ícone social
  • Facebook App Icon