AEFI - Associação de Arquitetos, Agrônomos e Engenheiros de Foz do Iguaçu

 

 Alameda Sarandi, 19   |   Jardim Itamaraty   |   CEP: 85863-050   |    Foz do Iguaçu - PR   |   Tel.: (45) 3573-1723   |   E-mail: aaefifoz@gmail.com

  • Instagram ícone social
  • Facebook App Icon

DESMISTIFICANDO A AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL - Prática e muito mais acessível do que se pensa

August 13, 2014

É notório que o avanço tecnológico está em aceleração constante e a custos cada vez mais baixos. Ao mesmo tempo, o mercado imobiliário segue aquecido. 

 

Devido a esses e diversos aspectos, a automação residencial e predial está pegando carona como um grande diferencial competitivo entre os arquitetos e construtoras. Em entrevista para a revista O Setor Elétrico, edição 89, de junho de 2013, o engenheiro José Roberto Muratori, diretor da Associação Brasileira de Automação Residencial (Aureside), disse que o volume de projetos de automação residencial no país teve um crescimento acelerado, com média de 35% ao ano nos últimos 3 anos, e o número de fornecedores triplicou nos últimos quatro anos, isso tudo no Brasil. 

 

Essa tecnologia surgiu timidamente no mercado há aproximadamente 10 anos. Com equipamentos caríssimos e pouco práticos, atuavam somente individualmente e não havia interesse na grande maioria dos usuários em pagar pelo suposto benefício da automação.

 

Após esse período, as demandas mudaram, os preços caíram e novas soluções trouxeram a maturidade do conceito de automação. 

 

Atualmente, sua definição seria próxima da integração de equipamentos residenciais e prediais como iluminação, ar condicionado, cortinas, irrigação, equipamentos de áudio e vídeo, entre muitos outros, em um sistema único, inteligente e interativo. Proporciona ao usuário grande praticidade e gestão, tornando sua habitação uma experiência realmente diferenciada, permitindo inclusive sua utilização em tablets, smartphones e comandos como voz ou gestos.

 

Os sistemas melhor projetados permitem, inclusive, a criação de diferentes tipos de cenas em ambientes, por exemplo: Em um cenário definido como festa, o sistema irá dimerizar as luzes, ajustar o ar condicionado, fechar as cortinas e ligar o sistema de som em determinada lista de músicas, já no volume adequado. Em contrapartida, caso seja uma cena de jantar, as cortinas se abrem, outra lista de músicas é acessada e ligam-se as luzes da mesa de jantar. Cenários bastante práticos são os denominados sair e acordar, onde desliga-se tudo ou ligam-se determinados ambientes. De qualquer lugar do mundo pode-se controlar residências dessa maneira.

 

Isso tudo sem contar que hoje gasta-se em torno de 50% menos do que nos anos anteriores para realizar a mesma automação, o que viabiliza o acesso da tecnologia a uma classe da população que tinha poucas alternativas nessa área há cinco anos.

 

O cenário residencial ainda busca o conforto e o lazer, mas segue uma forte tendência de integrar-se com a eficiência energética e redução dos custos de manutenção. Para casas de alto padrão, é realmente uma pena quando, devido ao desconhecimento do cliente, não é prevista a preparação para recebimento do sistema de automação.

 

Em Foz do Iguaçu, há um esforço direcionado de algumas empresas e profissionais em divulgar essa tecnologia e seu custo-benefício, mas por questões culturais, a construção civil, de forma geral, ainda não agregou esse conceito como um diferencial nas construções. 

 

Pode-se dizer que um sistema de automação de qualidade corresponde, geralmente, a cerca de 3% do valor de um apartamento. E mais ainda, se previsto durante a obra, o custo de uma infra-estrutura para automação posterior refere-se simplesmente a quadros e alguns metros de tubulação. 

 

Um grande problema sempre foi a intervenção feita por profissionais despreparados, que traziam dificuldades na elaboração do projeto e integravam a instalação elétrica com a automação. Em Foz do Iguaçu, já há profissionais habilitados para realizar a pré-automação e a instalação de forma totalmente independente da instalação elétrica e que torna o usuário livre pra escolher qualquer tipo de tecnologia e marca de produtos de automação, bem como suas prioridades. Isso elimina a necessidade de quebrar paredes para a instalação do sistema de automação desejado. 

 

Renan Temp -

Engenheiro Eletricista

CREA-PR 129376/D

renan@enerluz.com.br

 

 

Please reload

Featured Posts

A AEFI apoia e incentiva a campanha de vacinação à operadores de serviços técnicos.

August 28, 2015

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Search By Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload